créditos @urbanjungle fotografia de @posterstore
design de interiores

O seu quarto. O seu projeto.

Como tirar máximo partido do seu espaço

“É o espaço mais intimista da casa, que nos acolhe ao fim do dia. Para torná-lo o seu santuário de tranquilidade e repouso, mantendo a funcionalidade, é importante olhá-lo com carinho e estabelecer zonas: dormir, vestir, relaxar…”. Falámos com a Carina Gaio para nos orientar nestas decisões.


Para melhor escolher a zona de dormir devemos sentir a atmosfera do quarto e colocar a cama no local que nos transmite maior aconchego. É importante manter o espaço de circulação em redor da cama e prever tomadas para apoio às mesas de cabeceira.

Adjacente à zona de dormir, podemos localizar a zona de vestir de forma a que a arrumação fique bem oculta, mas muito acessível. Porque não optar por colocar um roupeiro de costas para a cama e que funcione como biombo de separação entre a zona de dormir e de vestir? Quer tenhamos espaço para um grande closet ou um pequeno roupeiro, ou mesmo apenas uma cómoda, o ideal é que seja bem otimizado para ser fácil encontrarmos a camisola favorita e os brincos a combinar. Existem acessórios interiores para roupeiros que são preciosos quando queremos manter tudo organizado e acessível.

Se o espaço é reduzido basta evitar roupeiros demasiado altos ou que comprometam a circulação no quarto e optar por soluções de arrumação baixa que libertem o campo de visão e que possam ter dupla funcionalidade; ex: cómoda baixa que funcione como secretária ou toucador. Junto da janela, para aproveitar a luz natural, podemos colocar um cadeirão (ou mesmo uma chaise longue) para aquelas manhãs de preguiça ou para uma leitura ao fim da tarde.

Para criar um ambiente intimista devemos privilegiar a iluminação pontual e difusa, com uma totalidade quente. Candeeiros de leitura, ou de mesa com abat-jour são ideais para manter a iluminação baixa e acolhedora.

Sendo o espaço onde relaxamos, as cores neutras e os materiais de textura mais confortável induzem ao descanso. Escolher madeiras, uma cabeceira de cama estofada, um pavimento agradável ao pé ou tapetes de toque suave para nos envolver ao acordar. Mas o quarto é também o espaço mais pessoal da casa. Faz todo o sentido personalizá-lo decorando-o com as peças de que mais gostamos e que contem a nossa história.


Carina Gaio

Designer de Interiores

Pode seguir os projetos e perfil do instagram em @carinagaio

Outros artigos

Quartos com boa energia

Quartos com boa energia

Quer abrir a porta e sentir que entrou noutra dimensão, onde só se respira paz? É tudo uma questão de princípios, segundo o Feng Shui.

ler mais
Vamos falar de cores?

Vamos falar de cores?

Uma escolha vital, que vai além da estética. Saiba como mudam o ambiente de um espaço e também o seu humor. Pela sua saúde.

ler mais
Quartos com plantas?

Quartos com plantas?

Sim mas… Nem todas são boas companheiras.
Saiba quais são as escolhas mais saudáveis para dar bom ar ao espaço onde dorme.

ler mais